O que é o Simbólico?

149 visualizações · Data publicação 10/01/2022

A partir da formulação de base que orquestra todo o constante movimento de retorno a Freud empreendido por Lacan - “o inconsciente é estruturado como uma linguagem” - somos sempre remetidos a uma importante baliza clínica que vem a ser o chamado Outro. Trata-se não exatamente de uma alteridade convencional ou posta em um nível de semelhança com a identidade de cada um, mas de um lugar a partir do qual o conjunto dos significantes se impõe a cada ser falante, bem como as regras e relações que aí se colocam. O Simbólico é esta dimensão que nos marca, nos nomeia e nos reconhece na condição de sujeitos falantes e que assim sendo nos leva a verificar algo de larga envergadura clínica: antes de falarmos, de termos capacidade de manuseio da língua (e seus efeitos de sentido) somos falados.